Publicado em Saúde

Exagerou no fim de ano? Conheça alimentos para desinchar

ciencias-exercicios-20111117-02-size-598

A retenção de líquido pelo corpo pode ser consequência de problemas como alergias, doenças renais e moléstias cardiovasculares. Mas ela também é resultado de um motivo mais simples: a má alimentação, especialmente o consumo excessivo de sódio e álcool — frequente nas festas de fim de ano.

Ao ser ingerido, o sódio se deposita em diversas partes do organismo e suga a água, que vai parar nos vasos sanguíneos localizados logo abaixo da pele, resultando no inchaço e no aumento da pressão arterial. Segundo Celso Cukier, nutrólogo do Hospital Albert Einstein, o sódio pode demorar até três dias para ser eliminado do corpo. Enquanto está no organismo, cada grama é capaz de reter 200 mililitros de água. “É muita coisa”, diz o médico.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o consumo de, no máximo, 2 gramas de sódio por dia, o equivalente a 5 gramas de sal (40% do sal de cozinha é composto por sódio). Mas, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o brasileiro consome, em média, 12 gramas de sal por dia, ou 4,8 gramas de sódio, o dobro do recomendado pela OMS. “Pensando em celebrações de fim de ano, em que comemos em grande quantidade de embutidos e enlatados, a ingestão de sal pode chegar a 20 gramas em um dia. Essa quantidade é capaz de reter de 1 a 2 litros de água no corpo”, diz Cukier.

Eliminar esse líquido não é o mesmo que emagrecer. “Perder água, músculo ou osso diminui o peso do corpo, mas não significa emagrecimento. Emagrecer é perder gordura. Mesmo assim, certamente diminuir o inchaço faz com que uma pessoa se sinta melhor”, diz Luciano Giacaglia, endocrinologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Tudo que estimula o trabalho dos rins contribui para reduzir a retenção de líquido. É o caso de água, chás, vegetais e alimentos diuréticos. Praticar atividade física também ajuda. “Exercitar-se é a melhor maneira de aumentar o fluxo nas veias e vasos linfáticos, propiciando a eliminação do excesso de liquido”, diz Giacaglia.

Conheça alimentos que combatem o inchaço.

Abacaxi

abacaxi-2013-29-10-size-620

Tanto a casca quanto a polpa do abacaxi são ricas em uma substância chamada bromelina, que tem ação diurética. O alimento, portanto, ajuda o rim a trabalhar e a expulsar do organismo sódio, glicose e líquido retido. “Uma pessoa que deseja diminuir o inchaço pode tanto comer a polpa da fruta quanto fazer um chá com a sua casca”, diz o nutrólogo Celso Cukier.

Água

modelo-copo-agua-renato-dutra--size-620

O excesso de sódio no organismo aumenta a quantidade de líquido retido nos vasos sanguíneos, o que dá o aspecto de inchaço. Tanto o sódio como o líquido acumulado são expelidos pelos rins, mas o sódio demora até três dias para ser eliminado do organismo. Por isso, tudo o que ajuda os rins a trabalhar de forma mais intensa é importante para reduzir o inchaço. “A água e outros líquidos que não contenham sódio não só estimulam o trabalho dos rins, mas também diluem o sódio, reduzindo a retenção de líquido”, explica Celso Cukier, nutrólogo do Hospital Albert Einstein.

Melancia e melão

melancia-viver-bem-620-size-620

Essas frutas não têm ação diurética como o abacaxi, mas, por serem abundantes em água, ajudam a hidratar o corpo e a diminuir o inchaço. “Como o sódio retém o líquido que já está no corpo, é preciso reidratar o organismo”, diz o nutrólogo Celso Cukier. “Além disso, aumentando a hidratação, você ajuda a diluir o sódio e a fazer com que o rim o elimine do corpo.”

Vegetais

vegatais-frutas-legumes-20130504-size-620

Verduras, legumes e frutas contêm potássio e magnésio, nutrientes capazes de contrabalancear o efeito do sódio no organismo, explica Luciano Giacaglia, endocrinologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Além disso, os vegetais são ricos em fibras e em água, dois compostos que ajudam a diminuir a retenção de líquido. “O ideal é consumir esses alimentos crus, pois se forem refogados terão a adição de alguma gordura, o que dificulta a digestão”, diz o nutrólogo Celso Cukier.

Ervas

alecrim-20132012-size-620

As ervas, como alecrim e manjericão, podem ajudar a reduzir a retenção de líquido por dois motivos. O primeiro é pelo fato de possuírem compostos chamados fenólicos, que ajudam a atenuar o aspecto de inchaço. Além disso, as ervas podem substituir o sal no tempero dos pratos, reduzindo a ingestão de sódio e, consequentemente, o risco de acúmulo de líquido no corpo.

Chás

xicara-de-cha-size-620

O chá, assim como a água, ajuda a reidratar o corpo quando há retenção de líquido, além de estimular o rim a trabalhar de forma mais eficiente para expulsar o sódio do corpo. Alguns chás, como o preto, têm mais efeito diurético por conter cafeína. “Além disso, as ervas aromáticas são ricas em fenólicos, compostos que reduzem o acúmulo de líquido”, explica o endocrinologista Luciano Giacaglia.

Fonte. veja.abril.com.br

Veja Também:

10 curiosidades sobre batom que você precisa saber

curiosidades sobre batom 10 curiosidades sobre batom que você precisa saber

Anúncios

Autor:

Loja especializada em joias de prata, folheadas a ouro e ouro. Trabalhando com alta qualidade tanto em seus produtos quando no atendimento. E como nos preocupamos com o cliente buscamos sempre mante-los bem informados, e por meio desse blog, buscamos tirar dúvidas e mostrar algumas curiosidades sobre joias, assim como melhor maneira de usa-las, limpa-las e guarda-las.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s